JCMS Veículos


Telefones: Loja I: (11) 4526-1600 • Loja II: (11) 4587-5238

Av. Fernando Arens, 900 - Vila Progresso, Jundiaí -SP
Loja II: Av. São Paulo, 660 - Vila Arens, Jundiaí -SP

Blog

🚗 3 MOTIVOS PARA FAZER A MANUTENÇÃO DE FREIO REGULARMENTE

Carro fazendo barulho quando freia, pedal duro demais ou colado no assoalho… Esses são sinais de que as coisas não vão bem com o sistema de freios.

A seguir listamos alguns deles, que são motivos para você não deixar de fazer a manutenção dos freios:

  1. Desgaste das pastilhas

✅ As pastilhas devem ser trocadas sempre que apresentarem desgaste, ou então se o motorista notar problemas ou dificuldade na hora de frear.

  1. Envelhecimento ou umidificação do fluido de freio

✅ A sua troca não é feita constantemente, como no caso do óleo de motor, sendo indicada apenas quando estiver se aproximando o prazo de validade indicado pelo fabricante.

  1. Quebra do disco de freio

✅ A quebra do disco de freio é uma situação muito delicada, porque o carro pode ficar incontrolável. Afinal, as pastilhas não conseguirão frear o veículo, pois não terão o disco para fazerem atrito.

✅ Para evitar acidentes e todos os problemas que mostramos, é preciso respeitar o prazo de manutenção dos freios e sempre estar atento aos sinais de que algo está errado. Desta maneira, previne-se o comprometimento do sistema, o desgaste de outras peças e principalmente os acidentes, que podem ser muito graves.

MOTIVOS PARA A TROCA DE ÓLEO REGULARMENTE

✔️ A lubrificação correta é fundamental para a vida útil do motor e deve fazer parte da rotina de manutenção do veículo.

✔️ A função básica do óleo é, que com sua viscosidade, se evite atrito entre as peças do motor, impedindo que se desgastem ou até travem o motor.

✔️ Por essa razão, a troca deve ser feita regularmente, pois o óleo vai aos poucos perdendo suaviscosidade e aderência.

✔️ Além do óleo, devemos ficar atentos ao filtro de óleo. A função do filtro é eliminar partículas de metal que são geradas pela fricção das peças dos motores.

✔️ Aproveite as dicas e deixe o nível do óleo em dia, assim garantindo uma vida longa ao seu motor.

RAM 1500 TRX, PICAPE MAIS RÁPIDA DO MUNDO ESGOTA EM 3 HORAS

✔️Picape mais potente do mundo, versão esportiva tem motor 6.2 V8 de 712 cv e chega a 100 km/h em menos de 5 segundos.

✔️Apresentada na última segunda-feira (17), a Ram 1500 TRX parece ter conquistado os americanos.

✔️A fabricante norte-americana iniciou a pré-venda da picape esportiva na versão Launch Edition, que teve 702 unidades, e esgotou os exemplares em cerca de três horas. Esta configuração era vendida por US$ 92.010 (R$ 511.000)

✔️Na versão Launch Edition, a Ram 1500 TRX traz uma pintura exclusiva no tom cinza Anvil, head-up display, rodas especiais preparadas para usar beadlocks.

✔️A Fiat-Chrysler confirmou a venda da Ram 1500 TRX para outros mercados além dos EUA. Recentemente a marca disse que irá vendê-la também na Europa a partir de dezembro deste ano. Ainda não há confirmação se ela tem chances de vir ao Brasil.

✔️O interior tem console central com alumínio escovado e detalhes em vermelho, além de um emblema de identificação da versão especial. São 702 unidades em alusão aos 702 hp de potência.

NAVIO TOMBA COM 4.200 CARROS

???? Navio com 4.200 carros 0Km que tombou no mar será cortado em oito pedaços.

✔️ O navio coreano, que tombou na saída do porto na Geórgia (EUA), há cerca de um ano, será removido com sua carga de 4.200 automóveis zero quilômetro.

✔️ Os veículos são das marcas Huyndai e Kia e continuam dentro do navio até hoje.

✔️ Como o navio será cortado em pedaços para a remoção, os carros deverão ser destruídos, mesmo aqueles que não foram danificados.

✔️ estima-se que ainda haja centenas de carros em perfeito estado dentro do navio avariado. Mas não há como removê-los.

✔️ A carga que tombou é avaliada em US$ 80 milhões (aproximadamente R$ 430,6 milhões de reais).

JEEP RENEGADE TRAILHAWK 2020

2020 Jeep® Renegade Trailhawk

???? Conheça um pouco sobre o novo JEEP RENEGADE TRAILHAWK 2020:

✔️ O Jeep Renegade Trailhawk se mantém como líder de vendas do segmento, e na linha 2020 ganha faróis de LED e novas rodas entre as principais mudanças visuais.

✔️ Não é difícil notar que o pacote do Jeep Renegade Trailhawk tem mesmo um apelo aventureiro. Os pneus são de uso misto, há ganchos para amarração pintados de vermelho nos para-choques e o capô tem o centro pintado de fosco.

✔️ Além disso, a suspensão recebeu novos ajustes voltados para uso em trechos de terra, a preparação da suspensão acaba ajudando a superar obstáculos urbanos, como valetas e lombadas com facilidade.

✔️ Por dentro, o Renegade Traihawk vem com pintura vermelha nas saídas de ar, laterais, ao redor da alavanca de câmbio e nas caixas de som.

✔️ Ainda entre os equipamentos a versão TOP de linha do Renegade conta com alerta de ponto cego nos retrovisores, multimídia com tela de 7 polegadas compatível com Apple Car Play e Android Auto.

✔️ O motor 2.0 turbo diesel faz parte dos destaques do SUV que tem uma boa dose de força, o que ajuda em ultrapassagens e na superação de obstáculos pelo caminho.

✔️ Consumo de combustível:

O Jeep Renegade Traihawk faz 9,4 km/l na cidade e 11,5 km/l na estrada, o que implica em uma autonomia teórica de 564 km em trechos urbanos e 690 em rodoviários considerando o tanque de 60 litros.

Acesse o nosso estoque e confira modelos disponíveis:

???? www.jcmsveiculos.com.br/renegade-trailhawk-4×4-diesel/

???? A História da VW Kombi – Como Surgiu, e quando chegou ao Brasil:

✔️ Produzida de 1950 a 2013, é sem dúvidas, o veículo com mais histórias pra contar do que qualquer outro veículo.

✔️ O conceito da Kombi surgiu do modelo do Fusca, mas, com multifunções.

✔️ O nome “Kombi” (em alemão Kombinationsfahrzeug), quer dizer “veículo combinado” ou “veículo multiuso”.

✔️ Após diversos testes, no dia 8 de março de 1950, a Kombi saiu para as ruas do mundo.

✔️ No Brasil, o veículo começou a ser montado em 1953.

✔️ Em 1957, no dia 2 de setembro, a Kombi se tornou o primeiro carro da Volkswagen fabricado no país.

✔️ No final do ano de 1970, a produção da Kombi teve o seu fim para dar lugar a um novo conceito, conhecido no Brasil como Eurovan.

✔️ No Brasil, a Kombi continuou sendo produzida normalmente, recebendo melhorias nas novas versões até 2013 (último ano de produção em todo o mundo).

Check-up de férias: o que não pode faltar na revisão do carro

 

Chegou a temporada das viagens de verão. Como os filhos estarão em férias escolares e as empresas costumam parar por alguns dias para os festejos de fim de ano, é um ótimo momento para sair por aí e pegar a estrada.

Seja o seu passeio por um trajeto curto, ou mesmo que deseje cruzar todo o país, aqui estão algumas dicas para garantir que seu carro e sua família estejam preparados para sua próxima aventura. Entre os preparos, está a manutenção de carro para a viagem. Vamos lá?

Programe um check-up rápido de todo o veículo

Para efetuar a manutenção de carro para viagem, programe um check-up com o seu mecânico de confiança para que seja feita a verificação de alguns itens básicos, mas que farão toda a diferença no seu conforto e segurança em todo o trajeto. Não se esqueça de nenhum detalhe!

  1. Limpadores de para brisa

Durante a viagem, muitas das vezes, somos surpreendidos pelo péssimo estado das palhetas, que ressecam ao longo do tempo e durante a chuva impedem uma direção de forma segura. Verifique a presença de falhas ou riscos durante seu funcionamento, ou qualquer indício de limpeza ineficaz.

  1. Níveis de fluidos

Grande parte dos veículos que são obrigados a interromper a viagem apresentam superaquecimento do motor provocado pela falta de manutenção ou processo inadequado de reparo no sistema de arrefecimento, o que exige o cuidado com os líquidos e soluções que operam no radiador.

Programe qualquer serviço necessário, como, trocas de óleo ou pequenos ajustes, com a antecedência necessária e de acordo com as recomendações do manual do proprietário. Tendo esse cuidado, os testes necessários serão feitos antes de você encarar a estrada.

  1. Mantenha-se com a energia a toda prova

Verifique a bateria para se certificar de que ela é forte o suficiente para todos os seus itens eletrônicos e também se ela conta com terminais limpos: um pouco de bicarbonato de sódio e água farão o trabalho. Uma viagem malsucedida pode se iniciar logo ao ligar o carro e a ignição demorar a ser dada em função de uma bateria descarregada.

  1. Cuidado com os pneus

Inspecione seus pneus para verificar qualquer pequeno rasgo ou ondulação na parede lateral. Caso isso seja notado, infelizmente você precisará substituir esse pneu imediatamente para que a sua viagem seja segura. Esta avaliação, deve preferencialmente ser efetuada em um elevador de automóveis, permitindo a analise da lateral interna do pneu.

Outra questão relacionada aos pneus é que ele deve estar com uma quantidade de borracha em sua banda de rodagem suficiente para que os sulcos possam dar a aderência suficiente inclusive em casos de forte chuva. Essa verificação pode ser feita por meio do TWI, ou seja, uma pequena protuberância que fica entre esses sulcos, que não deve estar no mesmo nível da banda de rodagem.

  1. Pare tudo o que está fazendo e verifique os freios

Peça à sua oficina de confiança que verifique as pastilhas de freio do seu carro para se certificar de que elas não estão gastas ou precisam ser substituídas. Além das pastilhas, é importante também verificar se o conjunto do sistema de freio esta funcionando bem, como, os componentes eletrônicos, cabos, discos, fluidos, etc.

  1. Esteja preparado para o que der e vier

Traga sempre consigo itens para utilização em caso de acidente ou problema médico. Mantenha em seu carro um kit de emergência – especialmente uma lanterna, um cobertor, um kit de primeiros socorros e algumas ferramentas básicas. Além disso, traga água e lanches extra, pois, apesar de todos os cuidados, alguns imprevistos podem acabar ocorrendo.

  1. Seja inteligente ao armazenar suas bagagens

Verifique a capacidade de carga do seu veículo para garantir que você não esteja colocando muito peso no carro. Exigir que o veículo carregue uma carga maior do que a recomendada pelo manual do fabricante pode fazer com que a questão aerodinâmica seja comprometida, fazendo com que o seu veículo consuma mais combustível do que o normal. A acomodação da carga também interfere na estabilidade do veículo, tornando o passível de capotamento dependendo da situação.

  1. Esteja sempre bem acompanhado

Um sistema de navegação por GPS, seja em um aparelho portátil ou em seu celular irá ajudá-lo a chegar onde você está indo, facilitando a busca de postos de gasolina ou restaurantes ao longo do caminho.

Os dispositivos habilitados para o tráfego podem alertar sobre o congestionamento da estrada, e a maior parte dos softwares podem ajudar a encontrar uma rota alternativa. Além disso, um navegador pode ajudar a direcionar os serviços de emergência para sua localização, caso algo aconteça.

  1. Não se esqueça das crianças a bordo

Se você está transportando uma criança, certifique-se de estar levando lanche, água, jogo, vídeo e música para mantê-lo confortável ​​e ocupado durante sua jornada. Crianças costumam ficar entediadas durante as viagens, por serem naturalmente mais ansiosas e agitadas. E isso pode acabar lhe incomodando um pouco enquanto dirige.

  1. Tenha cuidado também com a iluminação

A iluminação é um item pouco observado antes de viagens, e podemos constatar em um curto trajeto a quantidade de veículos com faróis apagados. Isso além de aumentar a chance de que ocorra um acidente grave em seu caminho, pode também fazer mal ao seu bolso. Dirigir com as luzes desligadas pode fazer com que você responda por uma infração média, perder 4 pontos em sua carteira e ainda pagar R$ 130,16.

  1. Para completar a manutenção automotiva para viagem, azeite a máquina e boa viagem!

Os lubrificantes devem estar com sua capacidade de lubrificação perfeita, afinal, em longos trechos, o regime severo que os componentes são obrigados a trabalhar necessitam uma perfeita viscosidade e refrigeração que são possibilitadas pelo uso do lubrificante especificado e dentro da validade. Essa é uma das partes mais importantes de uma boa manutenção de carro para viagem.

 

 

Como comprar carros usados com segurança?

Confira agora as vantagens dessa opção e descubra como comprar carros usados com segurança.

 

  • Preço mais em conta

Essa é a principal vantagem do veículo usado em relação ao carro zero. Se o preço é o fator mais limitante para você na hora de comprar um carro, certamente os “usados” serão a melhor opção para você. Além disso, não são raras às vezes em que, com o mesmo dinheiro que você investiria em um carro zero, você consegue comprar um modelo antigo, porém mais equipado.

  • Baixa desvalorização do veículo

Outra grande vantagem do carro usado é que ele já passou pela fase de maior desvalorização do veículo, que é justamente quando ele acaba de sair da concessionária. Estima-se que no momento em que se retira o carro zero da loja, ele desvaloriza em cerca de 15% do seu valor. Essa desvalorização continua alta durante os seus três primeiros anos, quando então, o preço tende a estabilizar

  • Valor reduzido do seguro

A economia na hora de comprar o seu carro usado não é refletida apenas no seu preço, mas também no custo do seguro. O seguro de um carro zero tem um valor bem mais alto e como essa tarifa que é cobrado mais de uma vez, você vai perceber uma grande economia a longo prazo.

  • Facilidade na hora da documentação

A burocracia e custos para se regularizar um carro zero são muito altos. Os gastos com a nova documentação e emplacamento pode chegar a ser até 10 vezes maiores do que a regularização de um carro usado, o qual só é preciso pagar uma taxa de transferência.

  • Carros mais equipados

Uma das estratégias das montadoras para poder aumentar a venda de carros zero é oferecer versões mais simples dos modelos de carro, sem muitos equipamentos. Isso reduz drasticamente o preço desses automóveis. Porém, ao fazer uma pesquisa rápida entre usados e seminovos, você já encontra modelos bem mais equipados e completos ao mesmo valor do carro zero.

  • Quais os melhores lugares para procurar um carro usado?

Comprar direto em concessionárias e lojas de veículos. Existem concessionárias específicas de usados em geral, que revendem as mais diversas marcas. Na JC Veículos você encontra diversos modelos e formas de pagamento, escolha o seu e solicite uma simulação.

 

 

Os carros mais seguros de acordo com a Euro NCAP

preview16O Euro NCAP (European New Car Assessment Programme), um programa de segurança de automóveis que foi criado em 1997, publica anualmente uma lista com os veículos mais seguros. Em 2016 foram testados 18 novos modelos de veículos de passageiros.  Três modelos foram escolhidos como “Melhores por Categoria”: o Toyota Prius na categoria “carro familiar”; o Hyundai Ioniq na categoria “carro compacto familiar”; e o VW Tiguan é o melhor na categoria “off-road compacto”.

A escolha é feita baseando-se nos seguintes testes: teste de impacto frontal, teste de impacto lateral, teste de impacto contra poste e teste de impacto contra pedestre. E os três melhores modelos de cada categoria ficaram com as seguintes porcentagens na classificação: o Toyota Prius com 92% na proteção para adultos, 82% na proteção de crianças, 77% para pedestres e 85% para assistências de segurança; o Hyundai Ioniq com 91% na proteção para adultos, 80% de crianças, 70% de pedestres e 82% para assistências de segurança; e o VW Tiguan com 96% na proteção para adultos, 84% de crianças, 72% de pedestres e 68% para assistências de segurança.

 

Quando é a hora certa de trocar os pneus do carro?

car-travelling-by-a-road_1088-52Saber o momento de trocar os pneus do seu carro é muito importante. Você sabe reconhecer quando deve fazer a substituição deles?

De acordo com o gerente geral de Engenharia de Vendas da Bridgestone, José Carlos, o momento certo para realizar essa troca “Pode variar de acordo com o tipo de pneu (radial ou diagonal), com o volume de carga transportada, a maneira como o motorista conduz o veículo (freadas, arranque, curvas etc.), a estrada onde o veículo trafega, o clima, a manutenção correta e outros aspectos”.

A inspeção é bem simples: basta observar o TWI (Tread Wear Indicator, ou “indicador de desgaste da banda de rodagem”), que são saliências no sulco do pneu possuem 1,6 mm de profundidade. Para encontrar esse indicador, procure na lateral do pneu pela sigla TWI, ou então por um triângulo e siga a direção que ele aponta para achar o local que mostra a situação do pneu. Então, verifique se o ponto de um dos sulcos está batendo no chão. Ao chegar nesse limite, o pneu deve ser trocado. Mas atenção:  “A regra TWI só não é válida para pneus com bolhas, rasgos ou perfurações, que nestes casos devem ser substituídos imediatamente”, comenta Quadrelli.

Outra forma de verificar o estado do seu pneu é passando a ponta de uma caneta esferográfica no sulco onde está o TWI. Se a caneta passar direto por ali significa que a banda de rodagem chegou ao seu limite e já não é mais seguro usar aquele pneu.

A mais um detalhe: para garantir que todos os pneus estejam nas mesmo condições, é recomendado que se faça a troca de todos os quatro de uma vez, caso o uso tenha sido uniforme. Mas se isso não for possível, prefira trocar os o par de pneus traseiros primeiro, pois o eixo traseiro é o maior responsável pela estabilidade do veículo.